na imagem para ilustrar conteudo sobre direcao ofensiva ou direcao agressiva uma pessoa segura um smartphone enquanto dirige

Direção Ofensiva x Direção Agressiva: será que você é um condutor de risco?

Dirigir bem deveria ser o objetivo de todos os motoristas. Responsabilidade, cautela e capacidade para tomar atitudes rápidas e calculadas, quando necessárias, são algumas das características comuns aos bons condutores.

Tomar decisões erradas precipitadamente, e dar como justificativa “o calor da hora”, pode custar vidas. 

Você já parou para analisar o seu perfil? Se você não se considera defensivo, poderia dizer que pratica uma direção ofensiva ou uma direção agressiva? E mais: você sabia que ambas não são a mesma coisa?

Para auxiliá-lo nesta interpretação e dar-lhe um norte sobre como não ser um condutor de risco, preparamos este conteúdo. Aprenda conosco como suas atitudes podem ajudar a melhorar a convivência no trânsito.

Direção Ofensiva X Direção Agressiva: conheça as diferenças

Não é incomum vermos por aí uma certa confusão com os conceitos. É que a palavra “ofensivo” costuma remeter o imaginário às situações perigosas e prejudiciais. Entretanto, dentro do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a denominação traz outro significado.

O que é a Direção Ofensiva?

Direção Ofensiva, também conhecida como Direção Evasiva, diz respeito ao comportamento do condutor que é proativo, evitando colocar-se em situações nas quais exista o risco de acidentes ou outras emergências.

Esse motorista, em linhas gerais, realiza uma série de manobras e técnicas que visam reagir a algum tipo de ameaça iminente. No mercado, se você pesquisar, existem cursos que ensinam o motorista a criar uma mentalidade ofensiva/evasiva no trânsito.

E quanto à Direção Agressiva?

Condutores agressivos agem acima da lei, em prol de suas necessidades, desrespeitando a convivência coletiva.

Normalmente, os comportamentos colocam em risco e ameaçam a integridade física de todos os demais usuários das vias públicas. Diferentemente da Direção Ofensiva, a Direção Agressiva é crime previsto pelo CTB. 

Considerada uma infração gravíssima, as penalidades são:  multa e suspensão do direito de dirigir.

Você pode ser considerado um condutor agressivo quando:

  • Ameaça pedestres avançando com o veículo, assustando-os ou apressando-os de forma intencional durante uma travessia;
  • Instiga outro motorista a agir com condutas perigosas, como “bater corrida” no semáforo;
  • Insinua uma arrancada brusca;
  • Fecha ou corta a passagem de outro veículo;
  • Persegue, não importando o tamanho do percurso, algum outro condutor;
  • Causa uma colisão de maneira proposital.

E o que podemos dizer sobre as distinções da Direção Ofensiva para a Direção Defensiva?

Se com a Direção Ofensiva o condutor evita as situações adversas que possam ocorrer no trânsito, tomando uma série de atitudes que permitam esse resultado, com a Direção Defensiva ele age de maneira reativa. Ou seja, busca formas de proteger-se das atitudes dos demais.

O motorista defensivo é, também, aquele que confere se todos os equipamentos obrigatórios e de suporte do carro estão ok, antes mesmo de entrar no veículo. Além disso, ele age dentro da lei, evitando cometer infrações, mesmo que outros estejam colocando-se nessa posição.

Qual dos tipos de direção é a melhor para adotar no dia a dia?

Que tal mesclá-las!? O melhor motorista é aquele que age dentro da lei e que, ao mesmo tempo, consegue contornar as diversas situações que exijam agilidade e responsabilidade, sem gerar riscos para si, para os demais ocupantes do veículo e para os outros usuários do trânsito.

5 práticas que colocam você na categoria de condutor agressivo

É compreensível que você tenha um dia ou outro de estresse e fique extremamente aborrecido. No entanto, descontar seus problemas enquanto trafega de um lugar para o outro com o seu veículo,  pode transformar-se em uma situação desagradável.

Se há um lugar para não perder o controle, é o trânsito! Veja que tipos de comportamentos podem qualificá-lo como alguém que age conforme os preceitos da Direção Agressiva:

Trate as pessoas como gostaria que elas agissem com você. Respeite as faixas de pedestres, dê a passagem para um veículo que está na pista rápida, entre outras cortesias

  • Ativar gatilhos que geram raiva

Qualquer situação pode gerar uma discussão sem sentido, o que pode se tornar uma briga generalizada. Evite buzinar, xingar ou fazer gestos desrespeitosos.

  • Perder a calma

Mesmo que a razão esteja do seu lado, não tome uma atitude precipitada. Agredir o outro motorista ou, de alguma forma, danificar o seu veículo pode colocá-lo em uma situação difícil de gerenciar.

  • Desrespeitar os direitos do outro

O famoso “dono do trânsito” é aquele que age como se fosse o único a ter o privilégio de trafegar nas ruas, avenidas e rodovias. 

Preste atenção às suas condutas, não seja egoísta, respeite as normas do CTB e, principalmente, perceba que para conviver em harmonia é necessário considerar os seres humanos que estão participando da sociedade tanto quanto você.

  • Colocar em risco os demais usuários do trânsito

Um condutor agressivo não está preocupado com a segurança, e quando causa um acidente, naturalmente, não acha que precisa prestar socorro.

Definitivamente, não faça isso!

_

Gostou das nossas dicas? Enriqueça nosso conteúdo com suas considerações. Basta deixá-las aqui nos comentários!

Deixe um comentário!

comentários