gentileza no transito dicas sobre como pratica-la

Gentileza no trânsito: 7 dicas para você começar a praticá-la hoje

Gentileza gera gentileza, já diz o ditado. Porém, no trânsito essa boa prática nem sempre é uma realidade. Infelizmente! Por vezes, as atitudes dos usuários são realmente egoístas, propositais, e podem causar grandes estragos. 

Mas há aquelas situações nas quais o condutor nem percebe o quanto contribui para o estresse geral e nem imagina que, com pequenas atitudes educadas, a maior parte dos problemas deixaria de existir.

Como resultado das fagulhas de uma discussão sem sentido, da perda da calma e do ato de buzinar desrespeitosamente, por exemplo, somos espectadores de inúmeros transtornos que poderiam, facilmente, ser evitados. 

Dessa forma, convidamos você a ler algumas reflexões que separamos e, a partir de hoje, dirigir com mais prudência e gentileza. Topa!?

Primeiramente, respeite a sinalização

A sinalização mantém o tráfego mais organizado, e não pode ser tratada apenas como uma maneira de praticar gentileza. É lei. Respeitá-la é uma obrigação de todo e qualquer usuário das vias públicas. 

Atente-se ao limite de velocidade, não ultrapasse em faixas contínuas ou estacione em locais proibidos. Assim você evita acidentes, multas e contribui para uma experiência mais agradável.

Utilize a buzina em situações realmente necessárias

Mais um elemento com uma norma clara estabelecida pelo Código Brasileiro de Trânsito. Ainda assim, poucos motoristas respeitam ou conhecem:

O artigo 41 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) define o uso da buzina, desde que em toque breve, nas seguintes situações:

I – para fazer as advertências necessárias, a fim de evitar acidentes;

II – fora das áreas urbanas, quando for conveniente advertir a um condutor que se tem o propósito de ultrapassá-lo.

O teor de uma advertência é a brevidade. Nada de apoiar a mão na buzina e fazê-la soar em estardalhaço. Aliás, essa atitude tem multa prevista, além de ser péssima em termos de civilidade.

Há outros usuários no trânsito, seja cortês!

E não estamos falando somente dos outros carros, caminhões ou ônibus. Motocicletas, motonetas, bicicletas e pedestres são parte dessa grande sociedade, e com certeza suas vulnerabilidades são muito maiores.

É preciso lembrar que em diversas situações você também estará nessa posição de fragilidade, frente a todos os outros personagens do trânsito. Então, acima de tudo, tenha empatia, paciência e dê a preferência.

Faixa de pedestres foi criada para ser uma zona de segurança

É constante a falta de respeito pelo espaço reservado a quem está transitando a pé, especialmente aqueles que são próximos aos semáforos. Pois é, a faixa de pedestres é um dos primeiros locais onde a gentileza no trânsito deveria falar mais alto.

E mais: em locais onde não há semáforo ou faixa, o motorista de qualquer tipo de veículo deve parar e aguardar a passagem.

Sinalizar é fundamental para uma boa convivência

Dê a seta! Ligue o pisca! Indique a intenção… independente de como você costuma chamar esse procedimento, é fundamental sinalizar para que os demais usuários saibam as ações que você irá tomar com seu veículo. 

Não esqueça que essa é a principal forma de comunicação entre todos no trânsito.

Não dirija colado no veículo à sua frente

Além de não lhe permitir tempo hábil para uma decisão, ao deparar-se com uma parada ou redução brusca, andar colado em outro veículo demonstra total falta de empatia. Respeite o espaço do outro e espere ele notar que você está pedindo passagem.

Seja gentil também com o meio ambiente

Que tal dar uma forcinha para diminuir a poluição, melhorar a saúde humana e do ecossistema e, ainda, economizar!? Uma boa forma de fazer isso, é reduzir a quantidade de automóveis no trânsito.

Junte-se com sua família, amigos, vizinhos e saiam todos juntos. Os aplicativos de carona estão aí para provar que essa parceria pode dar bastante certo.

Atitudes simples movem e mudam o mundo, você concorda? Deixe sua opinião aqui nos comentários, e vamos juntos levar e praticar mais gentileza no trânsito.

Depois disso, dê uma passadinha na Geração Hyundai mais próxima, e confira os carros incríveis que temos por aqui!

Deixe um comentário!

comentários