seguro de carro desmistificando mitos sobre essa protecao

Seguro de carro: quais são os 6 maiores mitos?

No universo automotivo, habitam diversas dúvidas acerca do seguro de carro. Muitas delas fazem total sentido, e requerem alguns esclarecimentos. Outras, no entanto, não passam de histórias, apenas para assustar os proprietários e afastá-los da ideia de proteger-se. Portanto, não saia acreditando em tudo o que lhe contam por aí.

VEJA BEM, QUANDO TRATAMOS DE VEÍCULOS “O SEGURO JAMAIS MORRERÁ DE VELHO”!

Preparamos um compilado com os 6 mitos mais difundidos entre a população no Brasil. Depois de dedicar alguns minutinhos à leitura do nosso artigo, o próximo passo será escolher uma empresa confiável e que lhe ofereça os devidos benefícios.

1 – CARROS 0KM OU SEMINOVOS PAGAM MAIS CARO PELO SEGURO

As variáveis são muitas para dizer que essa afirmação é verdadeira. Aliás, em alguns casos, o seguro de carro de uma versão mais antiga pode ser mais oneroso (algumas empresas nem aceitam fazer um contrato).

A verdade é que não há uma tabela fixa. Dados demográficos influenciam nos valores, tais como idade, estado civil, sexo do segurado, região onde mora e trabalha. Então, tudo depende.

2 – MULHERES PAGAM MENOS PELO SEGURO DE CARRO

Outra alegação que não devemos levar tão ao pé da letra. Apesar de ser considerado um público que gera menos riscos, principalmente relacionados às perdas totais, poderíamos dizer que essa é uma meia verdade.

Esse enunciado apenas será totalmente correto, se estivermos comparando contratos correspondentes. Só então, a variação de sexo pode beneficiar mais as mulheres do que os homens.

3 – CATÁSTROFES NATURAIS NÃO RECEBEM BENEFÍCIOS DE UM SEGURO DE CARRO

Caso a empresa não garanta que você poderá circular nas ruas, sem medo do que um temporal possa fazer com seu carro, FUJA! A seguradora deve oferecer em seu contrato a cobertura por acidentes causados pelo homem ou pela força da natureza. De outra maneira, por quais razões você pagaria para sentir-se protegido!?

4 – A COR DO VEÍCULO INFLUENCIA NAS TAXAS DO SEGURO DE CARRO

A maior besteira que você poderia ouvir de alguém. Você poderia, por exemplo, andar com o seu carro pintado com tinta neon ou adesivado com animal print. A paleta de cores não é uma variável para calcular valores, portanto, esqueça isso.

5 – NÃO USAR A TRANCA DE VOLANTE DIMINUI A COBERTURA

Para começar, a tranca de volante não impede o roubo ou furto do veículo, apenas dificulta o “trabalho” do ladrão. Então, obviamente, isso não pode ser imposto como condição para definir se você será beneficiado.

6 – COM SEGURO DE CARRO, NÃO PRECISO DE NENHUM DISPOSITIVO DE DEFESA

Você sabia que investir em um rastreador pode baratear o custo com as seguradoras? Claro que essa é uma escolha sua, mas saiba que estes dispositivos que não são nada caros podem ajudar muito. Quem não quer um desconto de cerca de 20% em sua apólice, né!? Pense nisso!

ATENTE-SE ÀQUILO QUE ESTÁ ACORDADO EM SUA APÓLICE

Junto ao seu corretor de seguros, você definirá o que constará em seu contrato com a prestadora do serviço. Então pense em tudo o que você gostaria que fosse coberto e atente-se ao que irá assinar.

Não deixe para conferir os direitos que você adquiriu apenas na hora do sufoco. Sabemos que os seguros não são baratos, e servem para eliminar grandes problemas que você venha a ter com seu veículo no asfalto ou na estrada.

DICA EXTRA:

Caso você queira que seus pertences (objetos que não são parte do veículo) entrem na cobertura, veja quais são as propostas de serviço. O ideal é orçar por meio de uma lista – por exemplo, com seu notebook, celular  e equipamentos de trabalho – e certificar-se que todos esses bens estão constando no contrato.

Preparado para realizar o desejo de ter um carro importado na sua garagem!? Conheça as opções da Geração Hyundai.

Ah, e não se esqueça da importância de sair da concessionária com o seguro de carro garantido. Pesquise muito, oriente-se e faça a melhor escolha baseada em nossas dicas.

Deixe um comentário!

comentários